(Português) Telemedicina revoluciona modelos de assistência em saúde

Press Releases . 4 . October . 2021 . Written by: Marketing
(Português) A utilização dos recursos tecnológicos está transformando o setor de saúde. Confira mais sobre a atuação da Duosystem no mercado. 

(Português) A utilização dos recursos tecnológicos está revolucionando o setor de saúde, especialmente no combate à pandemia de Covid-19. Uma das principais evoluções sem dúvida, está ligada à telemedicina.

A telemedicina é definida como o exercício da medicina mediado por tecnologias para fins de assistência, pesquisa, prevenção de doenças e lesões e promoção de saúde. Há cerca de um ano, a Lei 13.989/2020 foi sancionada e dispõe sobre o uso da telemedicina durante a crise causada pelo coronavírus (SARS-CoV-2) no Brasil. A regulamentação fica autorizada em caráter emergencial, portanto, é extremante importante lembrar que ainda será necessária uma emenda com extensão do prazo ou a criação de uma nova lei para ter continuidade da medida.

A pandemia apenas deu mais celeridade à transformação digital no setor da saúde. Apesar de ser uma medida provisória, esta é uma importante chance de revolucionarmos o mercado. É possível notar o grande movimento de empresas públicas e privadas, que investiram em soluções voltadas à democratização do acesso e gestão em saúde.

Especialmente no período de enfrentamento à pandemia de Covid-19, a telemedicina tornou-se protagonista. Podemos destacar diversas iniciativas que contribuíram por exemplo, para que pessoas com suspeitas ou casos confirmados de Covid-19 fossem atendidas e assistidas por uma central médica especializada, com mecanismos de teletriagem, teleconsulta e telemonitoramento.

Outros fatores relevantes são a possibilidade de atender e alcançar áreas remotas e conectá-las com a atenção primária, além de proporcionar a conexão do usuário com a atenção secundária. Adicionalmente, a comodidade e o melhor referenciamento dos atendimentos também são destaque, além da redução de filas e a superlotação em unidades de saúde.

Além dos pacientes, o advento da telemedicina proporciona inúmeros benefícios aos profissionais de saúde. Para os médicos, inclusive, a teleinterconsulta é um dos principais destaques, proporcionando de forma totalmente segura, a troca de informações e opiniões para o auxílio no diagnóstico e terapêutico de cada atendimento.

As vantagens deste recurso são incontáveis, permitindo a melhor organização e gestão do sistema de saúde. A Duosystem, empresa especializada em inteligência e inovação em saúde investiu em uma plataforma inovadora de telemedicina para garantir mais eficiência, segurança e qualidade ao mercado. “Nossa solução conta com um algoritmo de apoio ao diagnóstico e conduta médica, possibilitando a emissão de orientações ao paciente, encaminhamento às unidades e/ou especialidades de referência e solicitação de exames de diagnóstico”, destaca o presidente da empresa, João Paulo Campi. Este algoritmo é parametrizável conforme os protocolos de boas práticas para os diferentes tipos de diagnósticos e especialidades médicas.

Por meio da tecnologia, é possível aprimorar a experiência do usuário, reduzir desperdícios, e proporcionar atendimento de qualidade à população. Por isso, vale ressaltar a iniciativa da capital de São Paulo, que em parceria com a Duosystem, trabalhou no desenvolvimento de uma plataforma de telemedicina, que auxilia no atendimento aos sintomas de Covid-19, além de trazer atualizações sobre a campanha e a carteira de vacinação do paciente.

O apoio da tecnologia aumentou o alcance e a efetividade das ações da gestão municipal no enfrentamento à Covid-19, com recursos com a teleinterconsulta, que permite a avaliação médica de um paciente por videochamada, e a teletriagem @Covid, acionada pelo aplicativo para avaliação de sintomas por equipes de saúde em uma central de atendimento e, se necessário, o encaminhamento para a testagem de Covid-19. Outra importante ferramenta adicionada à plataforma, foi a emissão de uma carteira de vacinação, que registrou números expressivos de acesso e alcance.

Para se ter ideia, a solução já acumula números expressivos de produtividade, ultrapassando a marca de mais de 3,4 milhões de acessos desde sua implantação até o momento. Além disso, o e-saúdeSP também alcançou no mesmo período, mais de 885 mil usuários cadastrados e 813,7 mil downloads realizados.

A telemedicina não alterou apenas o modo em que o atendimento é prestado, mas mudou significativamente o cuidado com a saúde. Com o apoio das ferramentas tecnológicas, pacientes, profissionais de saúde e gestores puderam dar sequência ao acesso, gestão e cuidado, mesmo durante o período de distanciamento social. “Ou seja, mais inovação, eficiência e agilidade no setor”, conclui Campi.