Artigo do Presidente: Tecnologia na gestão da pandemia de Covid-19

Releases . 29 . abril . 2020 . Escrito por: Marketing
A inovação tecnológica vem se tornando grande protagonista como aliada da Saúde nas ações de enfrentamento ao novo coronavírus.

A inovação tecnológica vem se tornando grande protagonista como aliada da Saúde nas ações de enfrentamento ao novo coronavírus. A utilização de recursos inteligentes, tais como a Inteligência Artificial, o Big Data e o Streaming em aplicativos móveis e plataformas, tem permitido oferecer um atendimento mais efetivo, ágil e de qualidade à população. Na corrida contra o coronavírus, as ferramentas à distância já fazem parte da rotina do setor no Brasil.

Prova disso é a discussão diante da utilização do recurso de telemedicina. Recentemente, o Ministério da Saúde estabeleceu novas diretrizes para aplicação deste método, com o objetivo de garantir orientações sobre atendimentos, prescrição de receitas e atestados e quais áreas podem utilizar o serviço. A telemedicina se faz totalmente necessária neste período de transformação em que vivemos, rompendo barreiras físicas e evitando aglomerações em hospitais e superlotação dos serviços de saúde, além da contaminação de pacientes, que podem passar por triagem através de aplicativos e conferências.

A inteligência dos algoritmos da teletriagem pode auxiliar diretamente na identificação e avaliação dos sintomas à distância, para definição e direcionamento do paciente a melhor assistência que ele necessita, por exemplo. O Big Data é outro importante mecanismo, que serve para agrupar indicadores e relatórios sobre as informações coletadas, contribuindo para as análises e decisões dos gestores de saúde.

Cabe destacar ainda, que já existe soluções no mercado de tecnologia que contemple, em sua plataforma, espaço para o Streaming, com a disponibilização de vídeos orientativos e de prevenção referentes ao assunto. Em tempo de fake news, canais oficiais para distribuição de conteúdo e vídeos são elementos fundamentais para que a população tenha acesso as informações corretas e objetivas.

Nesta concepção, podemos acompanhar outras iniciativas inovadoras de modernização dos processos ligados à Saúde, com o apoio da tecnologia. É o caso da Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo, que adotou um novo modelo de atendimento para a prevenção do novo coronavírus nas farmácias de medicamentos especializados (alto custo), unidades estaduais que entregam remédios especializados à população.

Nesses locais, o agendamento de data e hora da retirada de medicamentos em algumas unidades do Estado é realizado através de um aplicativo móvel. Através da ferramenta, o usuário pode programar a ida à farmácia e, com poucos “cliques”, selecionar os remédios que utiliza, marcando a data e horário viáveis para retirá-los. O advento tecnológico contribui efetivamente para o acompanhamento e melhor gestão das filas, evitando aglomerações, especialmente nesta fase de pandemia.

Adicionalmente, podemos verificar que os avanços tecnológicos garantem uma melhor assistência e gestão em unidades de saúde. No estado de São Paulo, por exemplo, foi implantado um plano de ação que determina entre outras práticas, a elaboração de um esquema especial de gestão de leitos hospitalares na rede pública de saúde e, se necessário, na rede privada, podendo determinar a eventual suspensão de cirurgias eletivas (não urgentes) para priorizar a internação de pacientes com quadros respiratórios agudos e graves. É neste momento que o sistema de regulação faz toda a diferença.

A plataforma tecnológica utilizada pela Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross), em São Paulo, serviço que operacionaliza as ações de regulação da Secretaria da Saúde, garante maior controle nas ações de gestão e acesso às unidades. Os sistemas web que permitem o acompanhamento das regulações e da rede assistencial em tempo real são fatores imprescindíveis para a definição de condutas e melhor tomada de decisão na distribuição de recursos disponíveis relacionados aos casos de coronavírus.

É indiscutível que as inovações tecnológicas revolucionaram a área da Saúde e estão contribuindo diretamente na prestação de atendimento humanizado e de qualidade à população, especialmente no momento da pandemia do novo coronavírus.  Os recursos já são protagonistas no cenário atual, trazendo experiências importantes de saúde a quem mais necessita.

João Paulo Baptista Campi, médico cirurgião, é especializado em inovação tecnológica para a saúde. Foi diretor do Hospital do Servidor Público Estadual e coordenador de Contratos de Gestão da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Atualmente é presidente da Duosystem Inteligência em Saúde